ASSOCIE-SE

Associe-se e desfrute de muitas vantagens

CLIQUE AQUI

Entre em contato 51 3268-1611

A+ A-

09/05/2019

Dia Nacional de Mobilização pela Educação tem manifestações por todo o Brasil

Foto: Jonas Santos / Mídia NINJA

Uma série de protestos acontecem nesta quarta-feira (15) por todo o país, no Dia Nacional de Mobilização pela Educação. Já foram registrados centenas de atos de estudantes, docentes e apoiadores/as pelo Brasil – e alguns dos maiores estão marcados para o final desta tarde. As paralisações ocorrem como uma reação ao corte de 30% no orçamento discricionário de 2019 para universidades e institutos federais, anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) no começo de maio. A pauta tem o maior número de comentários do dia nas redes sociais, com a hashtag #TsunamiDaEducação liderando lista de assuntos mais comentados do Twitter.

Dezenas de capitais, além de cidades médias e pequenas já tiveram ou têm atos marcados para hoje.

A APCEF do Rio Grande do Sul incentiva que se compareça às manifestações. “A favor da educação, da previdência e dos serviços públicos, já que são assuntos intimamente ligados. É a hora de lutar para que não deixemos de ter universidades, bancos públicos e escolas, já que o projeto do governo está claramente direcionado a acabar com essas instituições”, alerta o presidente da Associação, Marcello Carrión.

Movimentos sociais consideram os atos desta quarta como uma preparação para a paralisação geral convocada para 14 de junho, para todas as categorias.

Em Porto Alegre, o ato unificado ocorre às 18h, na Esquina Democrática; antes disso, protestos ocorreram e ocorrem nas principais instituições de educação da cidade.

Manifestações ocorrem também em municípios como Santa Maria, às 16h na Praça Saldanha Marinho; em Pelotas, às 14h no Mercado Central; com caminhada até o IFSul às 16h; e em Rio Grande, às 17h15, no Largo Doutor Pio.

Outras cidades do interior já registraram grandes atos nesta quarta. Em Santa Cruz do Sul, por exemplo, cerca de 20 mil trabalhadores e trabalhadoras rurais participaram do 9° Grito de Alerta contra a Reforma da Previdência e denunciando a retirada de crédito rural que atinge a produção de alimentos. Sindicatos e organizações estudantis também participam. Osório, Palmeira das Missões, Frederico Westphalen, Santa Rosa, Dom Pedrito e Cruz Alta, entre outras cidades com campus universitários e de institutos federais, também tiveram ou terão protestos ainda hoje.

Últimas Notícias


Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do Rio Grande do Sul
Gestão CORAGEM PARA CONSTRUIR O BEM COMUM 2018/2021
Avenida Coronel Marcos, 851, Ipanema, Porto Alegre / RS | CEP 91760-000
Telefone: (51) 3268-1611 | Fax: (51) 3268-2700